É falso que INSS está sem recursos para pagar aposentados

Não é verdade que o INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) enviou neste ano um ofício ao governo federal sobre falta de recursos para pagamento de benefícios sociais, como aposentadorias. O comunicado foi emitido pela autarquia em dezembro de 2022, e o problema foi sanado com a abertura de crédito extraordinário. A reportagem da CNN Brasil que acompanha posts com a alegação enganosa foi veiculada no final do ano passado, não recentemente.
Posts que compartilham o vídeo fora de contexto para atribuir o fato ao governo Lula (PT) reúnem milhões de visualizações no TikTok e também foram detectados no Instagram e no Facebook nesta segunda-feira (17).
Um trecho da edição de 6 de dezembro de 2022 do programa Novo Dia, da CNN Brasil, circula como se fosse recente em publicações nas redes para fazer crer que aposentados e pensionistas do INSS ficarão sem receber graças ao governo Lula. A reportagem, veiculada ainda na gestão de Bolsonaro, noticia um alerta feito pela autarquia sobre a possibilidade de não honrar os pagamentos devido à falta de recursos. O problema foi solucionado poucos dias depois com a abertura de crédito extraordinário. O Aos Fatos não localizou qualquer informação sobre problemas de caixa recentes do INSS.
Poucos dias depois do alerta, em 15 de dezembro, Bolsonaro assinou uma medida provisória que liberou R$ 7,5 bilhões em crédito extraordinário para o INSS. Os valores fora do teto de gastos foram aprovados pelo TCU (Tribunal de Contas da União), que, na época, destacou se tratar de uma situação atípica, causada por motivos como a pandemia de Covid-19 e os esforços da autarquia para reduzir o represamento no pagamento de benefícios previdenciários.
Segundo justificou na época o então Ministério da Economia, hoje Fazenda, os gastos previdenciários cresceram de forma inesperada no último bimestre do ano passado, principalmente por conta do aumento da análise de benefícios do INSS.

https://www.terra.com.br/noticias/checamos/e-falso-que-inss-esta-sem-recursos-para-pagar-aposentados,37284647abb8ca3b86cff5dd929b1e33mo4y4kr3.html