Passo a passo do autoexame para prevenção do Câncer de Mama

Você sabia que o câncer de mama é um dos tipos mais comuns da doença entre as mulheres em todo o mundo? Apesar de causar milhares de mortes todos os anos, a boa notícia é que a prevenção pode começar em casa com um simples gesto: o autoexame das mamas.

Realizar o autoexame regularmente é fundamental para identificar qualquer mudança nas mamas logo em seu surgimento. Com o autoconhecimento do próprio corpo, não restam dúvidas para buscar ajuda médica, caso necessário. A Unaspub sabe da importância do exame de toque para a segurança e bem-estar das mulheres, por isso preparamos um guia simples com os passos para você fazer o autoexame onde e quando quiser:

Fique em frente ao espelho: observe seus seios com os braços para baixo e, em seguida, com as mãos na cintura. Gire o corpo para os lados, incline-se para frente e para trás, exibindo no espelho todos os ângulos possíveis das suas mamas. Procure por alterações na forma, tamanho, cor ou textura da pele.

Eleve os braços: levante os braços acima da cabeça e verifique novamente se há alguma mudança na aparência. Repita com os braços na altura dos ombros.

Toque suas mamas: durante o banho (o sabonete ajuda a deslizar) ou deitada, use os dedos para examinar suavemente toda a mama. Faça movimentos circulares, de cima para baixo e da esquerda para a direita. Certifique-se de cobrir toda a área, incluindo as axilas.

Examine os mamilos: observe se há secreções ou alterações dos mamilos, como no formato ou na cor.

Pressione os seios: fique em pé e apalpe seus seios pressionando com firmeza, um de cada vez.

Repita mensalmente: o autoexame deve ser feito mensalmente, sempre na mesma época do mês.

Lembre-se de que o autoexame não substitui a mamografia, exame clínico essencial para o diagnóstico precoce. Mas ele te ajuda a acompanhar as transformações do seu corpo, a se conhecer melhor e te deixar mais segura para perceber qualquer mudança. E muitas vezes elas podem aparecer no intervalo entre uma mamografia e outra, pois são realizadas anualmente. Se notar qualquer alteração nas suas mamas, não hesite em procurar um profissional de saúde.

A detecção precoce é essencial para garantir um tratamento mais eficaz, podendo oferecer até 95% de chances de cura para casos tratados desde o início. O autoexame pode salvar vidas!

Fonte: Ministério da Saúde, Governo Federal